quarta-feira, 15 de abril de 2015

O COMITÊ MARINGAENSE DA CAMPANHA PERMANENTE CONTRA OS AGROTÓXICOS E PELA VIDA CONVIDA PARA A JORNADA UNIVERSITÁRIA EM DEFESA DA REFORMA AGRÁRIA.



A Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária da Universidade Estadual de Maringá tem o objetivo de promover a reflexão no ambiente acadêmico sobre a urgência da Reforma Agrária e denunciar a violência no campo. 
O Abril Vermelho, nome dado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra às suas atividades de ocupações e atos em prol da realização da reforma agrária ocorridas em todo o mês de abril, tem como objetivo lembrar um dos vários atos de violência sofridos pelos camponeses, mas principalmente do “Massacre de Eldorado dos Carajás”, ocorrido em 17 de abril de 1996, no Pará.  Pelo ocorrido, o dia passou a ser lembrado internacionalmente como o “Dia de Luta Camponesa” em homenagem a todos e todas que tombaram na luta pela terra e pela democracia no Brasil e no mundo!
Diante de tantas atrocidades cometidas contra os movimentos sociais no passado e atualmente, criminalizando suas lutas, negando seus direitos e ignorando suas reivindicações, a Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária da UEM, traz a memória e apoia a luta no campo por meio de diversas atividades realizadas na Universidade e fora dela. A promoção se dá por diversos órgãos de pesquisa e extensão, assim como por entidades de base sindicais e estudantis e é parte da agenda da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida.

Nesta sexta-feira, dia 17, próximo à cantina dos quiosques, em frente à Tulha, estará ocorrendo uma atividade cultural que homenageia os mortos no massacre de Eldorado. Também haverá exposição de documentários, fotos,  mesa de debates, místicas/apresentações artísticas, além de feira de produtos agroecológicos e da reforma agrária. Convidamos toda a comunidade acadêmica e pessoas interessadas no debate a participarem desta atividade.

A Jornada Universitária terá sequencia dos dias:
29/04 às 19h30, campus de Cianorte: "Educação do Campo e Reforma Agrária". Convidados: prof. Dr. Fernando Martins (UNIOESTE-Foz do Iguaçu), reprsentante da Direção Estadual do MST/PR

30/04 às 19h30 - auditório do Bloco I-12: O campo da Educação do Campo". Convidado: prof. Dr. Fernando Martins (UNIOESTE-Foz do Iguaçu)
 Confira a Programação:

Data: 17 de Abril de 2015
Hora: 09:00h
Local: No caminho da Biblioteca em direção ao Bloco G34 da UEM – em frente à Tulha!

09h: Abertura com Cerimonial da UEM. Autoridades e Convidados.

09h30m: Mística de Abertura – Escola Milton Santos do MST e Abaecatu.

09h50m: Vídeo Documentário Massacre de Eldorado de Carajás e Reforma Agrária

10h20: Mesa de Debates;
·       MST do Paraná – 15m
·       Outros – 5m cada! Máximo de 5 intervenções!
·       Abertura debate – 5 intervenções de 3m.

11h30m: Apresentação do grupo Maracatu Ingazeiro e anúncio da restauração dos Totens com a Presença do Artista Autor Jorge Pedro (junto aos mesmos) fora da Tenda!

12h00m: Intervalo Almoço.

14:00h: Cine Reforma Agrária: Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida Maringá – Documentário: O Veneno Está na Mesa II.
(completar programação)

Nenhum comentário: